sexta-feira, 18 de julho de 2008

O que a bebida não faz com a pessoa...

Depois de beber algumas, mas não todas, Eduardo saiu com cuidado da festa, dirigindo devagarinho pra não chamar a atenção. Respirou fundo e sentiu que as tonturas tinham passado. Próximo de casa, começa a suar frio: um policial faz um sinal pra ele encostar. Lei seca, bafômetro, e agora? O policial se encosta no lado do motorista, olha fundo nos olhos de Eduardo e diz:
- E aí? Quer beber alguma coisa? A primeira é por conta da casa!
"Devo estar completamente alucinado, um guarda oferecendo bebida!" Ficou ainda mais nervoso quando viu um pele-vermelha vindo na direção do carro, com machadinha em posição de ataque! Não esperou um instante e acelerou, precisava chegar em casa e tomar um banho gelado antes de fazer alguma besteira.
E lá fora, ninguém entrava na festa do Village People.

2 comentários:

Carlinha Link disse...

ahahahhahahahhah
mto bom!

* disse...

Sou exageradamente repetitiva...
Continuo tua fã!!!
Rossana...