terça-feira, 24 de junho de 2008

Vida moderna

Depois que comprou aquele pen drive, só carregava ele e a carteira consigo. Todos os documentos, papéis do trabalho, fotos, filmes, músicas, toda a sua vida amorosa, de trabalho, a diversão, tudo com ele aonde quer que ele fosse.
Infartou quando percebeu que tinha perdido o pen drive! Ficou em estado grave no hospital, até que alguém simplesmente formatou a sua vida.

2 comentários:

Carlinha Link disse...

que atual! eehhe

PALAVRAS&POESIAS disse...

E será que ele tinha back up?
Abraço da Ana Mello.