sexta-feira, 6 de junho de 2008

No estacionamento do shopping...

... a Fulana de longe viu uma vaga. Acelerou, fez a curva e na hora H o Ciclano tomou sua vaga. Bate-boca, gritaria, palavrões. Baixaria total em local público. Hoje, 20 anos mais tarde, estão casados. Juntos tiveram o Beltrano, que atualmente segue os passos do pai. Passa as tardes inteiras nos estacionamentos dos shoppings arrumando confusão e quem sabe em busca de uma namorada.

2 comentários:

Rossana disse...

É... A fruta não cai muito longe do pé!!! Ótimo conto, Marcus!!!

Marcelo disse...

Muito bom, guri!