quinta-feira, 17 de abril de 2008

Segunda-feira

O dia começara como qualquer outro início de semana.
Ela preparava o café. Ele estava na cama.
Ela torrava o pão. Ele, na cama.
Ela, com a faca. Ele, com sangue.

RING RING
Toca o despertador. Ela acorda assustada, olha para os dois lados, vê uma faca em uma mão e penas na outra. Solta um grito desesperado.

Ele, seu travesseiro, estava todo despedaçado.

4 comentários:

Guto. disse...

Espetáculo! Ficou muito bom!
Seguindo os passos macabros do mano :D

Rafael disse...

Imagina o estado em que eu estou me sentindo após ler esse conto!!!

Carlinha Link disse...

hahah
isso que tu não viu a primeira versão!

Meu primeiro contículo - ainda contou com a ajuda do Guto e do Marcus. E revisão do Guigo. ehehe

Kelen disse...

hehehehe
Adorei! Muito bom Carla!

até eu ando pensando em um contículo, dei a idéia para o rodrigo, mas ele me mandou escrever...

vamos ver se consigo, o problema é que o nível de vocês está casa vez mais alto!

hehehe