quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Nauta

Tinha uma âncora na sua vida
Até que um dia resolveu partir de vez e mudar tudo
Parou seu barco na ilha mais linda que havia encontrado e a deixou no fundo do mar
Viveu sem aquele peso que lhe puxava para baixo

(por Renata Moreira)

3 comentários:

Marcus Santiago disse...

Que blog sem credibilidade... este conto não estava aqui às 23hrs...

Lili disse...

Marcus...
Elogia o conto!!! Não reclama do relógio do blog!!! Que feio!!!
Eu gostei muito do conto Rê!!!
Parabéns!!!
Rossana M.

Marcus Santiago disse...

Meu Deus... o Povo é enganado e gosta...
Bando de Brasileiros...