domingo, 28 de setembro de 2008

Vida nova

Depois de meses de angústia, de alegria, de medo e de desejos incontroláveis, chegara a hora. O longo tempo de sofrimento e a dor que sentia não eram mais importantes, pois via surgir uma nova mulher. Batizou a filha de Maria Vitória.

Um comentário:

Carlinha Link disse...

Vida nova é alegria... não é sofrimento nem dor.
Vida nova é amor. :)